terça-feira, 24 de novembro de 2009

to remember











































o portfolio de Pamela Murphy é um baú onde reconheço memórias possíveis. dá vontade de pendurar estas imagens, uma a uma, no estuque branco e depois fingir que são primos e tios, vizinhos, surpreendidos em brincadeiras, em silêncios e sossegos de infância. ou então, procurar o que restou de sucessivas perdas e montar com essas outras verdades um cenário bonito, numa parede acabada de lavar. depois, convidar os amigos para virem ver e apresentar-lhes a família emoldurada.

(mais aqui)

2 comentários:

ana de toledo disse...

A palavra é encantamento, o sentimento é o mesmo a vontade é de que tudo isso tivesse saído da minha cabeça!!
Ahh!! Parabéns por tudooooo!!!

leonor f. disse...

obrigada. espero que continuemos a encontrar-nos por aqui- em lustros partilhados.